Evento nos EUA mostra como será o futuro do transporte público

O ThinkTransit 2019, em Tampa (na Flórida), reuniu tendências e produtos inovadores para o setor.

A Empresa 1 participou do encontro com a missão de trazer novas tecnologias que, adaptadas à realidade brasileira, ajudem o mercado a superar um cenário desafiador.

Apontar caminhos para a melhoria do transporte de passageiros, usando a tecnologia para tornar a jornada do usuário mais eficiente, confortável e rápida. Esta foi a missão dos participantes do ThinkTransit 2019, que aconteceu nos dias 14 a 17 de abril em Tampa, nos Estados Unidos. Organizado pela Trapeze North America, uma das mais inovadoras companhias do setor, o evento reuniu clientes e parceiros, que estão em busca de conhecer e debater o que há de mais avançado nas tecnologias aplicadas ao transporte de passageiros.

O QUE ESTÃO FALANDO LÁ FORA

Conceitos como MaaS, Micro Mobility, ABT e OnDemand, que começam a ser falados aqui no Brasil, já são realidade por lá.

Trazendo todas estas tendências para a visão de tecnologia, isso significa integração sistêmica robusta. Para transformar tudo isso em realidade, não existe outro caminho que não passe pela integração de sistemas.

A boa notícia é que na Empresa 1 a integração já é uma premissa de arquitetura de produtos. Este é um fator importante para nós, que estamos unindo forças com a Trapeze. Desta forma teremos agilidade para trazer a experiência de cidades que já estão na frente e adapta-las à necessidade do Brasil.

 

COMO ESTAS SOLUÇÕES PODEM BENEFICIAR O SETOR DE TRANSPORTE NO BRASIL

Desde soluções de ITS (Intelligent Transportation Systems), que monitoram em tempo real tudo o que acontece no sistema de ônibus de uma cidade, até maneiras criativas de trabalhar o transporte sob demanda (combinando o transporte público com outros modais de mobilidade urbana) através de interfaces ágeis para o usuário – a gama de iniciativas apresentadas no evento foi enorme. O encontro foi uma oportunidade de trazer para o país soluções de inovação que possam ser adaptadas ao cenário desafiador que as companhias de transporte urbano de passageiros enfrentam por aqui.

É o que diz o diretor comercial da Empresa 1, Romano Garcia.

“A nossa missão é transformar o setor no Brasil, através da integração fácil de sistemas. Sabemos que cada vez mais o usuário está no centro de tudo. Por isso nosso objetivo é buscar soluções que possam ser integradas à nossa realidade e atraiam cada vez mais usuários para o transporte público no Brasil”, diz Garcia. “A gama de tendências é enorme e envolve soluções de robótica, internet das coisas (IOT), aplicativos e soluções de arrecadação. Estamos atentos para trazer o que há de mais inovador neste mercado”, completa o executivo.

O QUE ELES PODEM APRENDER COM O BRASIL

Também temos tecnologia de ponta e experiências de sucesso para compartilhar. Exemplo disso foi a apresentação do sistema de reconhecimento facial para controle de fraude no evento, o Sigom Vision. É o que explica Marcionilio Sobrinho, diretor técnico da Empresa 1:

“A nossa solução vai muito além do que as pessoas imaginam, quando se fala de reconhecimento facial. Não se trata só de identificar um usuário no ônibus e saber se ele está usando o próprio cartão para pagamento. É algo muito maior, que envolve big data (cruzamentos de dados armazenados em nuvem), estatística e inteligência e artificial, com o fim não só de prevenir fraudes, mas também de entregar serviços melhores e mais eficientes para o próprio usuário, baseado em seu comportamento e sua jornada”.

 

Brasil