Como levar mais tecnologia para o atendimento nos prestadores de serviço

A tecnologia tem o potencial de revolucionar a Saúde. Novos recursos surgem com a promessa de melhorar processos que vão desde a assistência até a gestão e o compartilhamento de dados. Constantemnte vemos resultados práticos de uso de tecnologia no atendimento. Mas para que o resultado seja efetivo, é importante incluir os prestadores de serviço neste planejamento.

É no prestador de serviço que grande parte da assistência acontece. Por isso, a importância de envolvê-los na estratégia de inovação.

Processos ultrapassados

Durante décadas a validação do paciente se deu com processos baseados em papel (imprimi, assina, compara foto e assinatura do documento…). Ou seja, processos questionáveis sobre o ponto de vista de efetividade e de segurança. Afinal, além de demandarem tempo são completamente dependentes do fator humano.

Como estas exigências são desproporcionais, na maioria dos atendimentos não se observa nem uma coisa e nem outra. Nem o cliente, nem a atendente tem mais este tempo.

Mais tecnologia no atendimento

Se para eles (atendente e usuário) este processo manual é ruim, imagina para o prestador. O custo é enorme!

Veja este exemplo. Uma folha impressa custa aproximadamente R$0,06. Se substituimos este custo por um processo automatizado, este custo pode ser eliminado.

Recentemente substituimos um processo manual em uma clínica que deveria imprimir uma folha para cada atendimento pela automação com biometria facial. A clínica fazia mensalmente 250 atendimentos, ou seja R$150,00 de custo com impressões. Parece pouco para você? Multiplique isso pelo volume de atendimento da sua carteira.

E este não é o único impacto. As operadoras tem custos com a guarda e manuseio destes papeis. Ao adotar a Biometria facial, o processo de atendimento ficou mais rápido, mais seguro e mais econômico.

Para entender outros benefícios da biometria facial acesse Saiba mais sobre o uso de softwares de biometria facial no segmento de saúde

Brasil